Este blog é um oferecimento de...

Bruno Guedes e Toupeiras
Completo RSS My Yahoo! Google
Por Autor
Token RSS My Yahoo! Google
Bruno Guedes RSS My Yahoo! Google
Töpo RSS My Yahoo! Google
Toupeira Profissional RSS My Yahoo! Google
Korso RSS My Yahoo! Google

Bruno Guedes & Toupeiras por Bruno Guedes A. Viana é licenciado sob uma Licença Creative Commons
Atribuição — Uso Não-Comercial — Vedada a Criação de Obras Derivadas
2.5 Brasil

Para mais informações, consulte nosso FAQ

AVISO IMPORTANTE!

Talvez você não tenha notado, mas este site já não está mais em funcionamento. Nosso novo ponto é agora o Bruno Guedes e Resenhas.

Em breve este blog não receberá mais comentários, e até o final do ano esta página será transformada em um portal para o novo site, que será enfim transformado em um redirecionamento definitivo.

Portanto, atualize seus favoritos e seu leitor de feeds, e continue lendo nossos textos em nosso novo site!

Tenha um bom dia e obrigado pela preferência!

Avatar: Bruno Guedes

Popularidade: Meh

Escrito por Bruno Guedes em 03/12/2008 18:51


"Meh" é uma daquelas coisas que se propagam pela internet e ninguém explica de onde veio. Aparentemente, de Os Simpsons, mas não tenho certeza. Trata-se de uma interjeição categórica de indiferença. Mesmo que ambas as expressões aqui usadas – "categórica" e "indiferença" – sejam antagônicas, o que só faz a coisa mais poética e eu gosto disso. "Mas o que isso significa, Bruno Guedes?" Ah, é simples...

Eu parei de me importar com audiência. Não me leve a mal, eu gosto das visitas, adoro os comentários, mesmo os raivosos e acéfalos que o Korso de vez em quando recebe desde o caso Habacuc – que já faz meses, aliás –, mas há uma diferença entre gostar da atenção e buscar a atenção. Vamos aos estudos de caso.

DeviantART. Eu estou lá, me chamo "pro-mole" (adivinhe o porquê). Estou lá faz uns dois anos e pouco mais. Com algumas páginas de arte. A respeito da segurança de expor ao mundo minha arte, ignore esse ponto. Teoricamente, elas estão protegidas por copyright, e também pela minha noção de que, sinceramente, quem roubaria isso? Mas vamos aos fatos: dois anos e cheguei às 2500 visitas. Outros "deviantes" mal completam um ano e já tem algo em torno de 100000, senão 200000. Minhas canecas com animais cafeinólatras provavelmente nunca foram compradas(eu acredito no sistema, podem me chamar de ingênuo). Em outras palavras, a impopularidade é gritante.

...Post Completo
Comentários: 7
Avatar: Korso

1/0: Pós-Modernismo e Filosofia

Escrito por Korso em 10/12/2008 22:26


1/0 é indefinido. Não é um resultado totalmente reconhecido pela matemática, não somente devido ao fato de que qualquer coisa dividida por zero deve ser "infinito", algo que nem sequer é um número, mas também porque é um número simultaneamente positivo e negativo. É um paradoxo. Uma impossibilidade. Mas, assim como hipercubos e buracos negros, ele existe. (Toupeira Profissional, sobre 1/0)

1/0 é também o nome de uma webtira1 em 1000 episódios que conta a trajetória de um mundo, desde o início até seu fim. Tudo se inicia, claro, com a luz, e termina com a ausência dela. No meio disso tudo, os personagens constróem suas vidas, exploram a física improvisada de seu mundo e interagem com Tailsteak, o criador e narrador da história.

Um parêntese, porém: o conceito da Quarta Parede2 é regularmente destruído no universo das webtiras. O que demonstra mais fortemente a falta desta parede é a capacidade dos personagens de, de uma hora para a outra, tomarem consciência de suas vidas como personagens, mesmo que apenas temporariamente. Normalmente isso é usado com fins humorísticos, e 1/0 faz o que pouquíssimas outras webtiras ousaram fazer: tentam levar a coisa a sério.

...Post Completo
Comentários: 2
Avatar: Töpo

Toupeira Gorda Anuncia: Itajaí

Escrito por Töpo em 17/12/2008 22:35


Acho que já faz... três semanas desde a enchente no Vale to Itajaí. Se você andou vivendo sob uma pedra, aqui, só pra contextualizar. Se estiver com preguiça demais pra seguir link, choveu horrores em Santa Catarina, desabou barranco até dizer chega e, claro, gente morreu. Muita gente. Se você não esteve esse tempo todo sob uma pedra de ignorância, deve estar se perguntando por que eu demorei tanto a me pronunciar. Faz sentido...

Verdade seja dita, eu fico fulo com o excesso de atenção que tragédias pessoais recebem, culminando com a deusificação do "protagonista" (sim, Eloá, eu estou olhando diretamente pra você!), isso sem contar com os estardalhaços levantados por grupos de apoio a direitos humanos e animais(é com você, PeTA) por motivos que eu considero absolutamente inócuos. Daí aparece uma tragédia real e Töpo Talpos não se manifesta, e a razão é simples: eu espero.

Inicialmente, eu penso no assunto. Tento não tirar conclusões precipitadas e atirar minhas conclusões (erradas) no meu público. Isso é importante. Depois eu analiso a reação do restante das pessoas. Normalmente isso me leva a explorar caminhos de raciocínio diferentes comos por exemplo, não condenar o suspeito preferido da maioria. Lembremos que nesse caso trata-se de um desastre natural, não há culpados propriamente ditos. Não importa. Deixe-me dar meu parecer.

...Post Completo
Comentários: 0

Me dei a obrigação de escrever um texto de reconhecimento ao Natal. Explico já o porque de "reconhecimento". Dei a mim essa incubência, ao invés do onipresente Token, ou mesmo do nosso querido verborragista oficial, Korso Asclepius, porque afinal de contas o blog é meu. Eu tenho que fazer alguma coisa nessa joça.

Então vocês devem estar pensando o que eu, Bruno Guedes, recém-autoreconhecido misantropo, acha do Natal. Nada bom, vocês devem supor, afinal essa época é basicamente o inferno na Terra, com shoppings lotados, festas e blá blá blá. Tá, chega, deixa eu falar agora. Não. Eu tenho o incomum mal de pensar demais nas coisas, minha questão particular com o Natal não tem nada a ver com misantropia, tem mais a ver com religião. Mas mesmo assim, eu e ele vivemos bem.

Não é só porque o Natal é um feriado fabricado sobre uma antiga celebração pagã em honra ao solstício de inverno na época da expansão cristã na Europa1 que eu vou me esquecer das boas coisas que estão relacionadas a ele. Creio que não existam muitos motivos que façam uma família de... trinta e tantas pessoas se reunirem em festa. Sério, tem gente que mora nos EUA, gente, não é simples assim. É inevitavelmente uma fonte de boas memórias. E além disso, tem o "espírito natalino".

...Post Completo
Comentários: 1
Avatar: Toupeira Profissional

À primeira Vista...

Escrito por Toupeira Profissional em 30/12/2008 00:05


Windows Okay, admito: fui uma daquelas muitas pessoas que criticou o Vista sem conhecer. Verdade, não fui totalmente contra, embora concordasse plenamente que um software que cria uma opção de downgrade tem que ser ruim, mas é demais. Mas enfim, agora com meu notebook novo (Positivo Z80, sem maiores problemas), eu tive que tentar o Vista. Deixa eu contar essa história mais ou menos direito.

Foi assim: queria comprar um notebook com no máximo 2 mil contos pra gastar. Não só eu não tenho muita noção de preço, como parte desse dinheiro foi uma gratificação do meu coordenador com exatamente este fim. Mas enfim, estava entre dois notebooks, com configuração igual, mas SOs diferentes(e, estranhamente, o mesmo preço... vai entender!). Mas na hora do vamos ver, comprei essa belezinha aqui por meros 100 reais a mais que o resto(me deixando com 1 real de troco, mas valeu).

...Post Completo
Comentários: 4
Avatar: Toupeira Profissional

DSi: uma visão prévia

Escrito por Toupeira Profissional em 30/12/2008 16:47


O Nintendo DS ou vai indo muito bem, ou tão mal que a Nintendo está tentando ganhar mais público revitalizando o portátil. Depois do Nintendo DS Lite, que é apenas um upgrade no DS tradicional em termos de design, tamanho e backlight – que é, aliás, a única coisa que realmente me faz considerar trocar o meu por um desses... – vem aí o DSi.

Nintendo DSi, em toda sua... glória?

O Nintedo DSi – cujo nome tá meio na cara que é algum tributo a "alguns produtos" da Apple – até agora só está disponível no Japão, e chega aos EUA por volta de Abril do ano que vem. Em termos de visual, ele lembra grandemente o DS Lite, só que mais fino, então vamos logo aos features...

A primeira grande feature do DSi são duas – isso mesmo, duas – câmeras, uma na tampa, apontada pra fora, e outra na dobradiça, virada pra dentro. Suponho que isso será usado pra chat com vídeo, o que seria legal, embora eu não ache que as câmeras serão grande coisa... 0.3 megapixels. Nem 1 megapixel sequer.

...Post Completo
Comentários: 2

Powered by Parascalops brewerii Blog Engine 1.0, by Bruno Guedes, 2007
Melhor vizualizado em resolução 1024x768, em navegador Opera 9 ou superior
Mozilla, Mozilla Firefox, Safari, Seamonkey ou outros também são bons
Não recomendamos de forma alguma o uso de Internet Explorer de qualquer versão