desprezo: s. m. 1. Nenhum caso (que se faz de alguém ou de alguma coisa). 2. Falta de apreço. 3. Objecto! de desprezo.

Entendeu? Espero que sim, porque o texto de hoje é sobre isso.

Eu não aprecio o desprezo nem mais nem menos do que qualquer outra emoção negativa que leva as pessoas a fazerem coisas estúpidas das quais se arrependerão mais tarde. Mas, especialmente, seria bom se as pessoas parassem de interpretar um conceito tão simples da maneira errada. Veja bem: desprezo se caracteriza pelo extremo pouco caso que se faz de alguma coisa. Não se caracteriza por falar desta coisa abertamente aos quatro ventos com paixão e ódio inigualáveis. Prinicpalmente, não se escreve um texto enorme a ser publicado na internet sobre seu objeto de desprezo, isso não faz nenhum sentido.