Eu sou o dono do corpo, então eu falo primeiro... depois do Token, é claro. Ele é o arauto oficial, deixa ele curtir.

Enfim, ontem foi marcado o fim do meu primeiro ano de blogagem em domínio próprio. Isso é, claro, um marco, embora eu tenha minhas próprias desavenças com marcos que envolvem a Terra dando a volta no Sol e tal e coisa e tal. Mas, para fins de comparação, é importante ter um "quantum" para medir a passagem do tempo e as mudanças gerais. E, caramba, se muda um bocado em um ano...

Mas comecemos pelo que não mudou. A maioria das pessoas que eu conhecia ainda estão vivas – embora eu só tenha perdido contato com grande parte delas, então não tenho certeza –, e meu namoro vai bem. Minhas ambições – as poucas que existiam – ainda são basicamente as mesmas, e a cara do site é o mesmo esquema em preto e branco e caixas quadradas de sempre. E minha sanidade mental ainda se enquadra nos limites do "clinicamente sadio". Êba!

Agora falemos da minha experiência como escritor de blog. Eu não sei bem o quê, mas tenho certeza de que alguma coisa aí melhorou. Talvez meu senso de compromisso com meus (poucos)leitores; ou eu tenha andando alguns pequenos passos em meu longo caminho em direção à relevância; ou talvez eu simplesmente conheci alguns contatos interessantes... Enfim, nas palavras do culturalmente imortal Fernando Pessoa, "tudo vale a pena se a alma não é pequena". Metafísica à parte, levando em conta que eu entrei nisso com pouco mais do que um corpo, cinco mentes e uma leve falta de noção(sem contar um sistema em PHP/MySQL de minha autoria e um domínio), eu devo dizer que o que veio depois foi lucro. Em suma, dá pra tirar uma lição útil de qualquer coisa...

Enfim, cabe a mim as formalidades sociais, visto que minhas toupeiras têm suas próprias visões pra compartilhar nos próximos três dias. Sendo assim, agradeço aos leitores que continuam prestigiando esse site que vos fala, e também a todos aqueles que passam por aqui e clicam nos anúncios, nos colocando cada vez mais perto do nosso primeiro pagamento pelo AdSense. E, como de praxe, à minha família, porque sem família eu talvez nem estivesse aqui.

E ficamos por aqui, porque o tempo urge. Tenho aulas, trabalhos e mais três textos pra "psicografar". Uma boa tarde e boa sorte!